Praia da Pipa-RN

Fugir de festas e multidões ultimamente tem sido minha especialidade, assim como no Carnaval quando fui pra Chapada Diamantina, no São João não seria diferente hahahaha. Apesar de ser minha festa favorita do ano, eu queria novamente o contato com a natureza e logo na cabeça me veio o balneário da Pipa, além de ser um destino inédito pra compartilhar com vocês.

Pipa é um povoado do município de Tibau do Sul, a 85 km de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Em sua geografia, encontra-se a perfeita união das dunas e falésias com a vegetação local. Há quem diga que essa combinação tão bem harmoniosa apenas existe no litoral sul potiguar.

barco-2-mapa
Mada de Pipa

Mas afinal, por que o local é chamado de PIPA? Dizem que os portugueses ao passarem de navio  pela costa avistaram uma pedra com o formato de uma pipa. Pipa, em Portugal, é a denominação mais usual para barril de vinho ou de azeite. E você ai achando que os potiguarzinhos passavam o dia soltando pipa no vilarejo né? Sabe de nada inocente.

IMG_3582.JPG

O vilarejo ainda pitoresco (diferente da super lotação turística de Porto de Galinhas) é um local bastante procurado por surfistas e naturistas (vida-loka). Cortado por uma única Avenida principal a Baía dos Golfinhos e ruas paralelas que levam as praias.

Como Chegar em Pipa:
Até uns dias atrás eu não fazia a mínima ideia de como chegar neste local a partir do Recife, até então todas as pesquisas apontavam para ir até Natal e de lá retornar para Pipa (2 horas Natal/Pipa). Mas eu to aqui exatamente pra facilitar a vida de mochileiros, que assim como eu sofrem pela falta de informações importantes.
Da (péssima e horripilante) Rodoviária do Recife, a empresa responsável pelo trajeto é a Progresso, com preços que variam de R$ 53 à R$ 76.
Desça no município de Goianinha (média de 3 horas), na parada via ter um monte de taxistas te cobrando o olho da cara pelo percurso final, faça a Christina Aguilera, solte um agudo e siga direto para a Matriz de Goianinha, é atrás dela que saem as Vans para Tibau do Sul.
Suba na Van e pague lindamente o valor de R$ 4 reais, tempo médio de 45 minutos.
Caso vá para a Rodoviária de Natal, pegue um ônibus da empresa Oceano no valor de R$ 15,00, tempo médio de 2 horas.

IMG_3324
Matriz de Goianinha

Onde Ficar:
Tanto Pipa quanto Tibau do Sul oferecem inúmeras opções de hospedagens, desde as mais simples até as luxuosas e resorts. Confesso que fiquei impressionado com a quantidade de resorts no local. Eu, como um mochileiro econômico, escolhi o Zicatela beach hostel.
O local me pareceu fantástico para descansar, além de uma oferta diária bastante econômica e uma excelente localização próximo a praia do amor. Por outro lado, não fiquei satisfeito com a limpeza do local e o wifi era péssimo.

IMG_3335
Zicatela Beach Hostel

IMG_3336

Onde Comer:
Assim como as ofertas de hospedagem, comer em Pipa vai variar do seu gosto e bolso (e prepare o bolso pra gastar). Para almoçar, os locais fornecem desde self service com duas opções de carne em preço médio de R$ 15,00 até pratos a La Carte individual ou pra dois com valores a partir de R$ 30. Ao anoitecer, a Baía dos Golfinhos se torna mágica, as ruas se ascendem em lâmpadas coloridas, musicas e muita gente nas ruas. A diversão é garantida pelos clubes, bares e restaurantes sofisticados, cada um que tente chamar mais atenção que o outro.
Vale ressaltar que o local não possui BANCOS, apenas 24 Horas.
Entre alguns bares e restaurantes, eu optei em almoçar no Shirley House (self service R$ 10,00) e a noite no Maniçoba Comidas Típicas (a partir de R$ 15,00).
O 12° festival gastronômico de Pipa acontecerá em setembro de 2016, aos que pretendem visitar o local, fiquem por dentro da programação.

E pros desesperados de plantão, em Pipa tem Subway \o/

IMG_3616
SAMBLAY lotadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Falando de praias, a primeira que associamos ao lembrar do litoral é a Praia do Amor. É realmente pra se apaixonar. Foi a praia que tomei como inicio para explorar o litoral pipenho. Após me deparar com a linda placa que nos dá boas vindas não pude conter a emoção com tanta beleza de cima do barranco.

IMG_3570
É beleza demais hahahahaha

IMG_3330

Partindo da Praia do Amor rumo à Tibau do Sul, é possível realizar o percurso todo pela praia (média de 1:30), porém é de extrema importância que se tenha a tábua de marés pois o mar avança com facilidade nesta região e as pedras que precisamos muitas vezes passar são cortantes. A Praia do Centro é facilmente identificada pela estátua de São Sebastião, padroeiro da cidade, sob uma coluna cravada na rocha. Os moradores locais contam que durante a propagação da febre espanhola no litoral nordestino, uma senhora de posses conhecida como Dona Chica, pediu em suas orações a São Sebastião que livrasse o povoado do rastro da morte, e atendendo aos pedidos, nenhum pipenho foi contaminado com a tal praga mortífera. Em realização a sua promessa, na década de 40 iniciou-se a construção da capela. Logo em sequência Agnaldo Simoneti, um artista plástico local mandou fazer duas imagens do Santo. Uma para o altar da igreja e a outra colocada numa pedra na praia do centro demonstrando que nessa terra e nesse mar a fé do povo prevalece.

IMG_3592
Estátua de São Sebastião sob rocha na Praia do Centro.

Em sequência vem a Praia Curral ou mais conhecida como Baía dos Golfinhos e Praia do Madeiro (a minha favorita por sinal). Ambas são abençoadas com o espetáculo desses animais incríveis, os golfinhos (lembrem sempre de respeitar os animais em seu habitat). A Praia do Madeiro me pareceu o lugar mais exótico e tranquilo de todo o balneário para realmente descansar, mentalizar e renovar as energias.
É indescritível as sensações e emoções contidas no local.

IMG_3646
Baía dos Golfinhos
IMG_3642
Renovando, energizando e agradecendo.
IMG_3649
Praia do Madeiro

Pra finalizar este incrível post, vos deixo duas curiosidades que esbarrei no balneário:
Cruz dos Afogados e a Casa do Sol.

Eu não sei a real história da Cruz dos Afogados, talvez pelas inúmeras mortes causadas pela força do mar…
Quem descobrir é só me avisar ;D

IMG_3661
Cruz dos Afogados

A casa do Sol é uma antiga construção que foi abandonada por um comerciante exotérico. Rege a lenda que quando o sol nasce e toca a superfície do local, suas cores brilham fervorosamente podendo ser vista ao longo da Baía dos Golfinhos. Além de comprovar, pude fotografar o acontecido.

IMG_3618
Casa do Sol

Ficou com vontade conhecer Pipa? Tá esperando o que pra programar a próxima trip?!
Ahhh, lembrem sempre de recolher seu lixo do local ok?!
Te vejo no próximo post. Xero do Celo.

Anúncios

Um comentário sobre “Praia da Pipa-RN

  1. Sai dos posts de Bogotá direto pra cá porque sou muita apaixonada por esse lugar! Quando vi o nome nas sugestões de post, fiquei curiosa pra ver o que você tinha escrito e agora tô aqui sem acreditar que não conheci a casa do sol! Também não tinha nem ouvido falar da cruz dos afogados. Que espécie de viajante sou eu? Deus do céu. Eles ficam num lugar escondido? :/ Pelo menos saio daqui com mais vontade ainda de voltar lá (como se eu tivesse pouca antes haha). Minha parte preferida de Pipa é a vista da Praia do Amor no Chapadão. Fui lá na hora do pôr do sol e, nossa, é muito lindo, né? Você chegou a ir? O contorno em forma de coração é a melhor característica. ❤ Também tem a Biblioteca da Praia! Maravilhoso demais aquele lugar, bem na areia da Praia do Amor (claramente fazendo jus ao nome).

    Até mais! 🙂
    Lis

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s