Chegando na Araucanía.

Temuco, capital da Região de Araucanía e da Província de Cautín. Localizada a exatos  670 km ao sul da cidade de Santiago. A região já foi considerada o coração do antigo território Mapuche e teve origem num Forte criado no século XIX. Foi visitada no ano de 1952 por Che Guevara e Alberto Granado. A cidade torna-se ponto de partida para adentrar na região de Los Lagos, dando partida para atrativos litorâneos e
andinos.

temuco
Vista do Cerro Ñielol (imagem da internet)

Simpatia e gentiliza tornam Temuco um ponto obrigatório, seja de passagem ou algúns singelos dias. A Cidade não possue grandes atrativos que a Grandiosa Santiago já não tenha disponibilizado. Básica e pitoresca, porém acolhedora. Quem vem a Temuco, procura descansar da cansativa jornada de aproximadamente 12 horas de estrada (muito boa, por sinal!). Para chegar a Temuco, o trajeto pode ser feito por terra pela JAC (super recomendo) com terminal próprio em uma das avenidas principais, a Balmaceda. Quem vem De Santiago, pode obter o boleto no Terminal Alameda (Av Libertador Bernardo O’Higgins 3750, Estación Central, Región Metropolitana, Chile) ou no próprio terminal da JAC.
O Boleto custa em média $ 17000 (CLP) – R$ 95,00 (REAL) trecho. Para o trajeto aéreo indico a SKY AIRLINES  (preço sob consulta), com preços justos e serviço confortável. O Trajeto aéreo é feito em 1h e 20m.

O que fazer em Temuco?

A pergunta não é tão difícil de responder, alias toda a cidade pode (e deve) ser percorrida a pé. Iniciando seu trajeto pela Plaza Anibal Pinto. A praça é famosa por conter o Monumento a la Araucanía (figurada por 5 distintos representantes das culturas chilenas na região) e pode ser encontrado um posto de informações turísticas. Curiosamente, o subsolo da praça é um estacionamento. Ahhhh, tem Wifi grátis e sim, FUNCIONA!

250
Monumento a la Araucanía

É caminhando por um mercado de uma cidade que descobrimos a singularidade do seu povo. Cores, aromas e sabores permitem marcar intensamente a memória de qualquer viajante e é por isso que não se pode deixar de visitar o Mercado Municipal de Temuco.
Inaugurado em 1930, o Mercado possui um charme em sua arquitetura externa e interna, seu funcionamento diário é devido à venda de carnes, frutas e verduras, artesanatos diversos e ao restaurante El Criollito de Armando. Dotado de uma gastronomia crioula, junto ao tempero chileno, o restaurante faz jus a fama do mais buscado pelos turistas no local.

248
Mercado Municipal de Temuco.

A maior atração fica por conta do Cerro Ñielol. É no ponto mais alto da cidade. Onde pode-se apreciar a fauna e flora da selva valdiviana, assim como importantes marcos históricos e culturais em Temuco. O cerro conta com inúmeras atrações culturais e diversos senderos e trilhas dentro da selva. A tarifa para estrangeiro é de $ 2.000 (CHP) – R$ 12,00 (REAL) e dá direito a um mapa orientando todas as trilhas, acesso ao restaurante, acesso aos banheiros e a um pequeno museu informativo. A mata é densa e faz bastante frio.
Foi especificamente nesta etapa do mochilão que me vi sozinho, mas sozinho mesmo. Adentrei a mata com fé e toda a curiosidade de um explorador. Não sei explicar o quanto perturbador e relaxante isso foi. Houveram momentos que ficar ali, no meio do nada, sentindo toda aquela energia, me causou medo (nunca se sabe o que pode sair de trás do mato), mas eu respirei fundo e realizei todas as trilhas.
Praticamente no meio do percurso, você vai se deparar com gigantes esculturas de madeira (Chemamüll), cultuadas pelos Mapuches. Tais estátuas, simbolizam a “entrega” do território para a construção da cidade.

241
Patagua del Armisticio.

Este slideshow necessita de JavaScript.

245
Parada pra Selfie!

A cidade ainda possui atrativos como o Museu Nacional de la Araucanía (entrada free) e o Museu Regional Ferroviário Pablo Neruda (ambos não visitados por mim, sorry).

Para concluir toda a minha passagem por Temuco, eu me hospedei no Tribu Piren, a apenas algumas ruas do terminal JAC e na Av. da entrada do Cerro Ñielol. Ótima acomodação (recebido pelo dono), local extremamente limpo e organizado,  breakfast incluso (o melhor bolo de doce de leite que já provei foi aqui ok) e toalhas também.

Single, Shared bathroom $15.000 – R$ 85,00

Este slideshow necessita de JavaScript.


Agradeço a todos que finalizaram mais uma leitura dessa incrível trip. Te vejo em Pucon, tchau!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s